Lena Lustosa
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos



Imagem do Google

Quiça Quiça


Será que sim?
Será que não?
Quiça se pudesse mandar no coração
A paixão não entraria sem permissão

Tivestes escolha?
Se sim ou não.. passou!
Quiça não tivesse deixado o amor entrar
Não estarias a sentir pesar, mas...
Não terias conjugado o verbo amar.

Ficaram as lembranças 
Essas, ninguém te tira
As fotografias
Os momentos
O colorido de outrora.

Se outro amor encontrará?
Quiça ...Quiça!

A falta do amor ausente 
A dúvida em ti presente
Essa ânsia de amar que sentes,
é a certeza urgente 
da paixão pulsante e ardente
que ainda queima pelo que se foi
e pelo que vem.

Se outro amor encontrará?
Quiça...Quiça!


Quiça outro amor virá
Tudo renascerá
Novas fotografias 
Novas ilusões
Sorriso fácil
Cores novas
Brilho intenso no olhar.

Quando o amor chegar
Reacenderá a centelha do amor que 
há em ti e que nunca morrerá. 

Se outro amor encontrará?
Quiça... só o tempo dirá!




Inspirado como resposta ao poema de Patricia Justino. Quiça Quiça. 





 
Lena Lustosa
Enviado por Lena Lustosa em 29/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários