Lena Lustosa
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Medo
 
 
Tenho medo do amor,
Medo de dizer quem sou.
Medo de te querer e me perder,
De tua sanha de me prender
Em tua teia de aranha,
Onde me atiça e me assanha.

Do teu olhar que me devora
E depois me ignora
,
Esnobando sem perceber,
Esse amor e meu louco querer!
 
Tu a aranha a me caçar,
Eu presa no medo de te amar.
E vivo nesse enredo de querer e não ter,
De  ter e não querer,  de perder e querer.
À mercê da tua eterna indecisão!
Um dia me quer e no outro não.
 
E, assim seguimos sem direção,
Levando esse amor em segredo,
Sem aconchegos, vivemos a esmo,
Dois corações vítimas do medo.



Belíssima interação do Felipe. F. falcão. Obrigada!



Já tive medo do amor.
Já amei, me machuquei
Não fui correspondido.

Ferido, me escondi...
Fui covarde, tive medo..
Não lhe confessei meu amor

Hoje vivo assim,
Um ser triste, sem amor
Vou vivendo por viver.

Queria eu que a vida,
Que o amor, que você me desse uma chance
de declamar o tudo que sinto.

Há este amor que me arde na alma
Que tanto me faz Sofrer...
De tanto amor que sinto por você.

Daria tudo na vida,
Só para contemplar seu riso
Dizer ao mundo o quanto amo você.



 

 
Lena Lustosa
Enviado por Lena Lustosa em 05/05/2018
Alterado em 09/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários