Lena Lustosa
"Escrevo por que não me basto..." Lena Lustosa
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Gralha azul


 
A gralha azul, sem querer fez nascer
Os pinheiros do Paraná, ao esconder
 As sementes para depois buscar
Mas, talvez por amnésia esquecesse o lugar.
 
Hoje, em extinção...
Vive presa numa gaiola
Esperando seu amado voltar
Ele sabe onde encontrá-la
Mas, vive preso em outro lugar
E assim a extinção
É medida que se impõe
 A esses aprisionados corações.
Lena Lustosa
Enviado por Lena Lustosa em 21/10/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários